Criado por & Incluido na categoria Caldeiras.

Se está em busca de informações corretas e úteis sobre caldeiras, este é o local adequado. Neste texto, reunimos todas as informações necessárias para que possa escolher a melhor caldeira para si e também compreender as formas de funcionamento dos principais modelos de caldeiras do mercado.

Caldeira ou esquentador?

Antes de iniciarmos, é importante que você compreenda a diferença entre as caldeiras e os esquentadores. Sendo que, basicamente, um esquentador possui apenas um circuito (permutador de calor) para o aquecimento das águas sanitárias, caracterizando-se como uma serpentina de cobre que é colocada sobre uma chama. Assim, a água fria entra por um lado da serpentina e sai quente do outro.

Já a caldeira adiciona outra serpentina para a água do aquecimento central. Assim, esta volta a entrar fria por um lado e a sair quente por outro.

De forma contrária ao caso das águas sanitárias, a água do aquecimento central circula em um circuito fechado, de modo que que a água que sai da caldeira para os radiadores volta a entrar na caldeira. Toda essa circulação de água é feita por meio de uma bomba eléctrica.

Definindo o melhor sistema de aquecimento para si

Na hora de escolhermos o melhor sistema de aquecimento para instalarmos na nossa residência podemos ficar com dúvidas entre tantas opções disponíveis no mercado. Por isso, o mais indicado, é sempre considerar as suas necessidades e objetivos com o sistema de aquecimento.

Se a sua necessidade é apenas aquecer a sua casa, pois você já possui outro equipamento para produzir águas quentes sanitárias e apenas quer aquecer os ambientes, então opte por uma caldeira só para aquecimento ou de única função.

Agora, se você necessita aquecer o ambiente e produzir água quente sanitária, sendo que além do aquecimento, a sua caldeira será também o principal mecanismo para a produção de águas quentes sanitárias, então deve escolher por uma caldeira mista ou de dupla função.

Neste caso, em específico, existem 3 soluções possíveis:

  1. Caldeira instantânea: na qual, quando abrimos as torneiras de água quente, os queimadores da caldeira são imediatamente ligados até que o fornecimento de água quente pretendida seja finalizado. Não há armazenagem de água quente.
  2. Caldeira com acumulador: é aquela que armazena água quente dentro de um depósito de acumulação, sendo a solução ideal para quem necessita de grandes litragens de água quente sempre disponível.
  3. Caldeira com micro-acumulação: possui uma pequena armazenagem de água quente, com poucos litros. Dessa forma, permite não ligar o encendido dos queimadores para uso esporádico.

Espero que tenham gostado, continua no próximo artigo.

Rua das Furnas Nº24 2ºDto, S.Domingos de Benfica 1500-300 Lisboa
912460817
[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *